8 Exercícios Para Queimar 700 Calorias Em Uma Hora

Resultado de imagem para exercicio para queimar calorias8 Exercícios Para Queimar 700 Calorias Em Uma Hora

A maioria de nós somos criaturas impacientes. Queremos tudo JÁ. Sabemos que o treinamento pode ser frustrante, longo e lento, e, ainda mais, quando os resultados não são visíveis de imediato. É por isso que devemos escolher exercícios que proporcionem uma grande queima de calorias e com os que temos prometido. Hoje, vamos ver alguns exercícios que se ajustam a este critério e que nos ajudarão a queimar calorias mais rápido do que qualquer outra coisa que tenhamos experimentado nunca.
Por que 700 calorias?
Para que o treinamento valha a pena, decidimos que a meta fosse queimar, pelo menos, 700 calorias em menos de uma hora. Vocês devem estar se perguntando o porquê deste valor. Pois bem, para a maioria dos que estão tentando queimar gordura e perder o excesso de peso, você deve levar em conta o número 3500. Esta é a quantidade de calorias que deve ser queimado para perder cerca de meio quilo de gordura corporal. Considerando que a maioria de nós estamos trabalhando 5 dias por semana, faz sentido colocar o sarrafo nas 700 calorias por sessão. Cinco dias por semana, multiplicado por 700 calorias diárias, é igual a 3.500 calorias queimadas por semana. Deixando de lado outros fatores influentes, se forem realizados os seguintes exercícios cinco vezes por semana, é suficiente para ajudá-lo a chegar ao número mágico para perder cerca de meio quilo de gordura corporal semanal.

Como queimar calorias mais rápido do que nunca?

Resultado de imagem para queimar calorias
Há um monte de maneiras de queimar calorias, mas o que realmente nos interessam, uma das formas mais rápidas para queimá-los fora e perder peso, certo? Uma coisa que têm em comum todos os treinos que apresentamos a seguir é que são grandes rotinas de corpo inteiro, que desafiam, da cabeça aos pés. Ao incorporar tanto o trabalho cardiovascular, como de força, consegue-se satisfazer e até mesmo superar o limite de 700 calorias.
Obviamente, as calorias que se queimam por treinamento dependem de vários fatores, sejam eles o sexo, a idade, o peso, a altura, a intensidade, o percentual de gordura corporal, etc., Todos eles desempenham um papel muito importante na queima. Assim que tomar esses números como um guia, porque, na realidade, pode haver diferenças em função de seu metabolismo, sem nenhuma repercussão importante. Se você quiser calcular as calorias queimadas e não dispõem de uma ferramenta que vo-lo conceda explicitamente, você pode utilizar as fórmulas do Journal of Sports Science” mostradas abaixo:
Homens: (0.2017 x Idade) + (0.6309 x frequência Cardíaca) — (0.09036 x Peso) — 55.0969 x Tempo / 4.184

Treinos
1.- Intervalos em fita de correr: trata-Se de dar ao jogo de mudança de velocidades e inclinações, de modo que o corpo não chega a se adaptar e, portanto, a frequência cardíaca vai aumentar. Não há um único modelo, assim que você só tem que ir variando procurando manter as teclas pressionadas entre 80-90%.

2.- Sprint em declive:

Resultado de imagem para Sprint em declive

neste caso, não precisamos de material adicional, basta uma colina declive pronunciado (pelo menos uns 100 metros de espaço livre para cima). Trata-Se de fazer um sprint ao longo de toda a subida e uma vez acima, há que realizar 10 repetições de exercícios variados tipo saltos e giros no agachamento, tabelas flexões. Então descemos correndo em ritmo suave e recuperamos durante 10 segundos antes de voltar a subir no sprint. Fazendo isso, durante 45 minutos, é suficiente para se despedir da barriga.

3.- Natação: É um bom treino de corpo inteiro, se usam quase todos os músculos do corpo, o que nos ajuda a tonificar. Deve-Se alternar entre freestyle e braçada borboleta. Apenas 45 minutos na piscina, são suficientes para queimar mais de 800 calorias.

4.- Treino de boxe:

Resultado de imagem para boxe neste caso, há que se colocar em frente a um saco de pancadas, dando-lhe chutes e socos sem parar ao longo de 2 minutos. Realizamos um intervalo de 30 segundos e repetir 11 vezes mais. Em seguida, com a corda de saltar durante 45 segundos e 30 segundos de descanso. Repetimos o modelo 20 vezes e no final podemos estar muito contentes com o resultado. O Thermatcha é excelente para reforçar a energia.

5.- Sprint bicicleta: andar de bicicleta é bom para a força das pernas e dos glúteos, além de melhorar o sistema cardiovascular. Este treinamento produz um aumento do ritmo cardíaco constante, pelo que se requer um monte de energia, ou seja, calorias. Devemos tentar nos manter na faixa de 25 a 30 kph para queimar cerca de 1.000 calorias/hora. Para obter um treinamento diferente, trataremos de fazer sprints de 60 segundos cada par de minutos para atirar o ritmo cardíaco e o que realmente uma exigência ao máximo.

6.- Exercícios compostos:

Imagem relacionada Através da combinação de exercícios de peso (peso livre, agachamentos, flexões flexões com os apertos), com combates intensos de cardio fazemos duas coisas importantes. Em primeiro lugar, queima um monte de calorias ao não permitir que o nosso corpo um descanso completo. Além disso, dá-se o EPOC (Post-Exercise Oxigen Consumption), trata-se de um efeito que faz o nosso corpo ao terminar o treinamento, o que permite a queima de grandes quantidades de calorias. Desta forma, conseguimos aumentar o músculo, sem sacrificar a queima de calorias, dois pássaros de um exercício de 60 minutos até menos.

7.- Dê ao remo: Um bom treino com remo sólido pode nos facilitar a queima de entre 800 a 1.000 calorias/hora. Lembre-se que devemos manter uma alta intensidade ao longo do exercício. No caso de nos sentirmos cansados, tentaremos recorrer ao Quitoplan, que consiste em resistir ao máximo durante um intervalo de 30 segundos e baixe pulsações durante 1 minuto. Moveis este ciclo para fazer com que o corpo não consiga se adaptar a um treino constante e, assim, manter as batidas altas. Lembre-se que é mais eficaz alternar o ritmo que ir bufando a um ritmo elevado e constante.